A discreta chegada dos cartões pré-pagos a Portugal

Boas notícias para Portugal, a chegada discreta das Fintech e dos cartões de crédito pré-pagos.

Ora, já fazem alguns anos que estão a tentar penetrar nosso humilde porém seguro mercado consumidor. Todas as empresas que conhecem sucesso em França e Alemanha logo dirigem seus olhos para nossa terrinha, e isto por duas grandes razões. A primeira, a quantidade de conterrâneos que vivem por aquelas bandas e investem em casa, a segunda, esta mais difícil de admitir-se na imprensa especializada, é de que somos um mercado promissor. Afinal, somos oito milhões de Portugueses de bem com a vida, agrada-nos o bom e o belo, pagamos em dia nossas dívidas e o trabalho árduo não nos assusta. Vivemos como minorias pacíficas em dezenas de países e contribuímos ao progresso de todos os lugares que nos acolheram. Riem-se de nós é verdade, justamente por saber que somos gente de bem – digo, dos Estados Unidos a França, passando mesmo pelo Japão e sem esquecer de nosso filho mais velho, o Brasil, fomos capazes de tecer laços de amizade e de comércio consideráveis, dos quais não há mal algum em orgulhar-se. Não tenho nenhum temor ou hesitação em afirmar que o Português é o viajeiro por excelência, cidadão do mundo.

Verdade é que com tudo o que se diz e apesar das almas amarguradas que passam seus dias a queixar-se de nossa terrinha, Portugal vai bem – e nossos vizinhos europeus e do além mar não fazem planos de grandes investimentos sem passar pelo Porto, tomar uma bica e conversar connosco – falando de negócios. Ora, se a bica e o vinho do Porto são no mais das vezes virtuais no mundo de hoje, os negócios e o capital por outro lado, são bem reais.

Falo em sério. A época na qual éramos o destino de férias dos franceses e alemães que vinham por estas bandas invejar as nossas raparigas e pastéis de nata a fazer-se passar por literatos, mesmo se ignoravam que Camões, Queiroz e Saramago nada têm a invejar a Voltaire ou Goethe. Hoje em dia, e um pouco graças ao Euro, somos consumidores qualificados de todos os produtos europeus, com uma pequena vantagem, somos fáceis de agradar.

Explico-me: conhecendo nosso gosto pelo comércio e pelo diferente e nosso conservadorismo financeiro, tornamo-nos o mercado ideal para produtos financeiros de última geração. Estes produtos financeiros que custam pouco, não nos acorrentam ou comprometem, têm a versatilidade que esperamos deles e nos trazem soluções até hoje pouco conhecidas no mundo Alemão.

Dar-lhes-ei um exemplo. Nós todos gostamos das vantagens que um cartão de crédito VIP proporciona, tais como efetuar compras internacionais ao atravessarmos as fronteiras ou pela internet, câmbio de divisas ágil e instantâneo, a possibilidade de circular sem levar numerário consigo… entre tantas mais – só que ao mesmo tempo nos descomprazem os gastos envolvidos, os custos escondidos, as multas e descontos súbitos, e as artimanhas dos sistemas financeiros a espreitar-nos a cada passo, a cada transação.

Eis no entanto que com o surgimento da Fintech, estas empresas start-up que dedicam tecnologia ao mundo das finanças, Portugal vem conquistando seu lugar nos serviços inovadores.

Surge recentemente o cartão de crédito VIP, a reunir todas as vantagens e os serviços proporcionados pelos cartões de crédito convencionais, sem no entanto implicar em gastos ou compromissos. É possível desde já em Portugal obter tal cartão, que inclui além disto uma conta não bancária, ou seja, quase todas as operações corriqueiras oferecidas por uma conta bancária – só que sem banco. Já podes depositar ou levantar numerário, transferi-lo ou gastá-lo a qualquer momento do dia e em qualquer lugar, a nível nacional e internacional, sem pagar as comissões exageradas ou comprometer-se para o resto do ano….

E como funciona isto? trata-se do cartão pré-pago, ou seja este cartão que será acionado e funcionará com o crédito que lhe depositares de antemão. Este cartão oferecerá todos os serviços de uma cartão de crédito de gama superior salvo uma coisa: o crédito. Os serviços VIP de um cartão são em geral proporcionais ao limite de crédito oferecido por cada cartão, mas neste caso não, já que este crédito será pré-pago, ou seja, pago com antecedência. Parece pouco? por uma preço irrisório, entre 30€ e 100€ por ano, podes obter um cartão em relevo aceite em qualquer parte do mundo, a possibilidade de comprar tanto por internet como na lojinha de sua freguesia, efectuar depósitos, levantamentos e remessas de fundos, programar débitos diretos e receber seu salário. Além do mais seu numerário estará protegido, pois em caso de perda ou de extravío poderás cancelá-lo instantaneamente e a cereja sobre o creme: como tais cartões são totalmente desvinculados de tua conta bancária, não existe nenhum risco de que se apropriem de teus dados bancários ou que os clonem. Protegidas na rede, seguras no mercado. Seu uso é discreto como o uso de numerário, e seguro como o uso de cartões protegidos.

Existem algumas companhias pioneiras no mercado português, e cada uma delas propõe preços e serviços muitos diferentes umas das outras. Convém verificá-las com calma uma a uma.

Nós fizemos alguns comparadores entre preços e serviços oferecidos para a comodidade, e recomendamos que dês uma olhadinha antes de aventurar-te e comprar o primeiro que encontres.

Saiba inclusive que todos costumam cobrar mais ou menos o mesmo no total com algumas diferenças nas formas de cobrança: alguns cobram mensalidades, outros anuidades. Alguns têm taxas de emissão de cartão, outros taxas por inatividade. Alguns brindam determinados serviços, como transferências e remessas de dinheiro gratuitas entre dois cartões da mesma companhia, ou ainda não cobram taxas de câmbio. Convém escolher teu cartão pré-pago levando em consideração os serviços dos quais hás de tirar melhor proveito e aos quais terás recurso com maior frequência.

Convém igualmente que te distancies dos cartões que cobram taxas de inatividade, pois estes te custarão ainda quando não os utilize… Bem verdade há destes cujo custo único é uma anuidade, e hás de descansar o resto do ano sabendo-te em boas mãos. Usa-o quando queira, guarda-o quando melhor te pareça.

Visite nosso comparador de cartões de crédito pré-pago neste link:




Comparadores de cartões pré-pagos em Portugal




Escolha do blog cartão pré-pago para a estação:


O melhor cartão pré-pago de gama superior:

Veritas Mastercard com duas versões


Gratuita:

Paga:

NIB/IBAN internacional,

Cartão virtual

Compras online e por telefone

Depósitos em numerário

Transferências de dinheiro

Receber ordenado

Pagamentos online e por telefone

Sem pré-requisitos

NIB/IBAN internacional,

Cartão Mastercard internacional de gama superior em relevo

Cartão virtual

Compras online e por telefone

Depósitos em numerário

Transferências de dinheiro

Receber ordenado

Pagamentos online e por telefone

Sem pré-requisitos

Contas empresariais

Contas associativas



Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

7 + 11 =

Join Our Newsletter

Sign up here to get the lastet news and updats